ESCRITOS DO GABRIEL

(Tentar que nossas palavras sejam, através de nós ou, quiçá, apesar de nós.
Meus textos, meus rascunhos com erros... )



"Então, um dia comecei a escrever, sem saber que estava me escravizando para o resto da vida a um senhor nobre, mas impiedoso. Quando Deus nos dá um dom, também dá um chicote – e esse chicote se destina exclusivamente à nossa autoflagelação."

Introdução do livro Música para Camaleões, de Truman Capote.

sábado, 8 de maio de 2010

Fora


Escrevo fora das margens.
Aqui,
apenas conto.

4 comentários:

Í.ta** disse...

muito bom, gabriel.

a montagem ficou pra lá de legal!

abração!

kajub disse...

Ooops.
Tem mais alguém usando meu nome....rsrsrs
Vou passar a assinar.
Um beijo.

Gabriel Gómez disse...

Obrigado Í.tá... Abraço!
Kajub?...

Jujuba disse...

ha tantas palavras a serem escritas, apenas algumas servem nas linhas da vida, apenas algumas dao o direito de serem contadas...
parabéns pela criação... por contar e explorar o que ha no mais intimo...

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails