ESCRITOS DO GABRIEL

(Tentar que nossas palavras sejam, através de nós ou, quiçá, apesar de nós.
Meus textos, meus rascunhos com erros... )



"Então, um dia comecei a escrever, sem saber que estava me escravizando para o resto da vida a um senhor nobre, mas impiedoso. Quando Deus nos dá um dom, também dá um chicote – e esse chicote se destina exclusivamente à nossa autoflagelação."

Introdução do livro Música para Camaleões, de Truman Capote.

terça-feira, 20 de julho de 2010

Ouve...


Um centímetro de silêncio
entre nós.
Um livro aberto,
um muro,
um mapa,
vozes sem palavras.
Ouvir o escrito,
palpar o que sobe
por gargantas e desce
pelas mãos.
Poderia dizer nada,
mas olhos denunciam
que a vida arde
embaixo da linguagem
e cresce pulsando.
A voz morre à meia voz
e cala sempre sobre você.
Há ruídos míopes de corpos
quando quebram o que ocultam.
A boca só pode ser útil vazia.

[...] Ouve.

Nada se parece ao que não sabemos dizer.


(Do livro "Cerimônias do Silêncio")

8 comentários:

Ka disse...

Outro dos que mais gosto!
Bom ter voltado....
Bjs

Gabriel Gómez disse...

Obrigado dona Ka... A viagem a Buenos Aires foi um pouco complicada (depois conto detalhes...), Muito frio e pouco tempo para fazer tudo... Mas como em setembro estamos novamente por lá, tudo bem... Beijo

Maria Rodrigues disse...

"A vida como matéria prima da linguagem".
Lindíssima e real esta imagem!
Belo, como de costume.
abs.

Gabriel Gómez disse...

Maria... Só enxergamos nos outros o que também possuímos... Obrigado, também como de costume...
Abraço.

Roberta Ávila disse...

Gosto muito de ruídos míopes. E desse subir por gargantas e descer pelas mãos. A vida arde embaixo da língua também. rs

Bjos

Gabriel Gómez disse...

Roberta... Concordo com a resposta no teu blog. Mesmo quando para tentar conhecer nosso "eu", precisemos nos desconhecer melhor...
E por aqui já viu, né? Nossa boca cheia de palavras e silêncios continua sem ser útil...
É muito bom sempre te encontrar por aqui...
Beijo

Oscar disse...

Bellas palabras e interesante blog
un abrazo
Oscar

Gabriel Gómez disse...

Gracias Oscar por visitar mis escritos... Te espero siempre por aqui... (cualquier cosa que no entiendas, el propio google tiene una ventana para traducir... no es perfecto pero se entiende...)
Abrazo.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails