ESCRITOS DO GABRIEL

(Tentar que nossas palavras sejam, através de nós ou, quiçá, apesar de nós.
Meus textos, meus rascunhos com erros... )



"Então, um dia comecei a escrever, sem saber que estava me escravizando para o resto da vida a um senhor nobre, mas impiedoso. Quando Deus nos dá um dom, também dá um chicote – e esse chicote se destina exclusivamente à nossa autoflagelação."

Introdução do livro Música para Camaleões, de Truman Capote.

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Epitáfio


Vestiu a palavra
nua
e foi indizível.

O tempo ficou a viver aqui.

2 comentários:

Í.ta** disse...

excelente estes curtos e poucos versos!

e até logo, então, na feira =)

abração!

Gabriel Gómez disse...

Obrigado Italo... Mas nosso encontro de amanhã na feira de Jaraguá ficará para uma próxima... Já me justifiquei com Carlos e, lamentávelmente, o que era grave, piorou e a morte bateu à nossa porta...
Abraço!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails