ESCRITOS DO GABRIEL

(Tentar que nossas palavras sejam, através de nós ou, quiçá, apesar de nós.
Meus textos, meus rascunhos com erros... )



"Então, um dia comecei a escrever, sem saber que estava me escravizando para o resto da vida a um senhor nobre, mas impiedoso. Quando Deus nos dá um dom, também dá um chicote – e esse chicote se destina exclusivamente à nossa autoflagelação."

Introdução do livro Música para Camaleões, de Truman Capote.

sábado, 12 de junho de 2010

Um


Para a esquerda.
Mais um pouco.
Mais.
Não tanto.
Vira.
Devagar.
Quase, quase.
Aí.
Bem aí.
Pode ver?
Você e eu,
mesmo
não coincidindo
em nada,
justo
neste ponto,
somos um.

3 comentários:

Í.ta** disse...

gabriel,
obrigado a passada lá no blog!

e, sim, o trecho recortado por ti tem muita semelhança com meus versos soltos lá. muito legal tua leitura!

abração.

Roberta Ávila disse...

Melhor post de dia dos namorados =D

Abs!

Gabriel Gómez disse...

Obrigado aos dois nos comentários de UM...
Abraços

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails