ESCRITOS DO GABRIEL

(Tentar que nossas palavras sejam, através de nós ou, quiçá, apesar de nós.
Meus textos, meus rascunhos com erros... )



"Então, um dia comecei a escrever, sem saber que estava me escravizando para o resto da vida a um senhor nobre, mas impiedoso. Quando Deus nos dá um dom, também dá um chicote – e esse chicote se destina exclusivamente à nossa autoflagelação."

Introdução do livro Música para Camaleões, de Truman Capote.

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Engano


Passo lista
e me engano
do teu nome ser o meu.
Que nem o silêncio
na partitura:
um novo símbolo
dizendo ao outro para calar.

Ninguém deveria ocupar o ausente.
Há sempre restos de finais nele.

4 comentários:

Regina Carvalho disse...

Mas tá bom demais! bj

Thyara Cristina disse...

palavras harmonizadas, soam feito boa música!
obrigada pela visita...
bjs!

Gabriel Gómez disse...

Obrigado sempre!
Bjs.

Í.ta** disse...

cara, que final excelente! babei!

venha ao um-sentir conhecer um pouco de começos de romances :)

grande abraço!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails